Ganesha

Mantra para Ganesha

Posted on Posted in Conteúdo, Escola, Espiritualidades, Jyotish, Yoga

Mantra para Ganesha

||Om shri ganeshaya namah||

Na Tradição Védica o Divino é reconhecido como o Todo. O Universo inteiro é sua manifestação, e pode ser visto através de qualquer forma. Algumas formas são consideradas especiais, e suas características remetem ao entendimento de que o indivíduo e o Todo são um.

As Divindades representam aspectos específicos deste Divino. Dentre elas se encontra Ganesha, que representa o Todo na forma daquele que remove os obstáculos. O que costumamos chamar sorte ou azar é resultado da Ordem Cósmica infalível. Não há nada isolado no Universo, e o encadeamento com tudo o mais é regido através de leis muito bem estabelecidas. Portanto, tudo surge e se dissolve de acordo com esta Ordem, de forma adequada.

Ganesha, então, é esta Ordem Cósmica através da qual todos os eventos ocorrem, sejam vistos por nós como obstáculos ou como bênçãos. Geralmente consideramos aquilo que garante a satisfação dos nossos desejos como bom, e aquilo que os impede, ruim. Contudo, o Universo não existe para satisfazer nossos desejos, tampouco para impedi-los; tudo no Universo é divino, sendo adequado e conduzindo a uma maturidade. Com este reconhecimento, nasce uma capacidade de lidar melhor com as situações, permitindo apreciar o Universo como ele é.

As orações, portanto, têm como objetivo reconhecer esta Ordem Cósmica, trazendo o entendimento de que estou imerso no Todo. Ganesha, em especial, com sua cabeça de elefante e grande barriga, simboliza esta Ordem diante da qual não existe obstáculo. Uma manada de elefantes correndo derruba até mesmo uma floresta inteira! E sua grande barriga representa sua capacidade de digerir todos os obstáculos que entregamos a ele.

Ganesha
Ganesha

Um dos mais famosos mantras de Ganesha é “Om shri ganeshaya namah”, pronunciado como “Om shrí gaNêsháya namahá”. O “N” de “gaNêsháya” é cerebral, ou seja, deve ser pronunciado com a língua enrolando levemente para trás, encostando sua ponta no meio do céu da boca.

Na Índia, nada tem início sem uma saudação a Ganesha, e as crianças aprendem este mantra antes de serem alfabetizadas. Como todo mantra, ele é entoado depois do Om, que é o maior dos mantras e contém todos os outros em potencial. Em seguida surge Shri, que significa toda riqueza e prosperidade, indicando que Ganesha é aquele Divino que é fonte de todo poder e auspiciosidade. Ganeshaya significa “para Ganesha”, e Namah significa “saudações”.

O mantra pode ser entoado antes de iniciar qualquer empreendimento, uma única vez ou três vezes. Como disciplina diária, o mantra pode ser repetido três vezes antes de meditar ou após acordar, por exemplo; ou, ainda, pode ser utilizado como Japa, a meditação com repetição de um mantra, entoando 108 vezes.

O nome Ganesha significa, literalmente, “o Senhor dos grupos”, e o maior dos grupos é aquele que inclui todas as coisas: o próprio Universo. Ganesha, portanto, é o próprio Senhor do Universo, a Ordem Cósmica que tudo governa, o próprio Todo. Desta forma, o significado do mantra é “saudações àquele que é o senhor do Universo, fonte de toda riqueza e prosperidade”. Entoando esta oração, o indivíduo é abençoado com a capacidade de lidar com os obstáculos, com clareza de mente, maturidade e, em última instância, a busca pelo autoconhecimento. Somente o autoconhecimento remove o maior dos obstáculos: a ignorância sobre sua própria natureza.

Patrick van Lammeren é discípulo da professora Gloria Arieira
e dá aulas de Vedanta e simbolismo védico no Vidya Mandir

Patrick estará no Espaço Anam Ċara para o Curso de Puja – A Realização de um Ritual Hindu
clique aqui para saber mais!

Deixe uma resposta