Panchakarma dia 13_KeepCalm

Dia 13 – Quinto dia de Snehana interno! – Diário de Panchakarma de Raquel Calloni

Posted on Posted in Ayurveda, Conteúdo, Diário do Panchakarma de Raquel Calloni, Escola, Espaço Terapêutico, Nutrição, Nutrição Ayurvédica, Panchakarma

Ultimo dia de ghee (da primeira etapa!!)

É.. confesso que os dois últimos dias foram um pouquinho mais difíceis.. haja Agni para 120 e 150 ml de ghee.

A alimentação tem que ser de acordo com esse super trabalho do sistema digestivo, foi mais restrita variando entre o caldo de arroz e o caldo com um pouco de arroz e especiarias.

Ontem senti um pouco mais de “peso” na digestão e também tive um pequeno probleminha no olho (nada a ver com o processo, mas sim com o uso das lentes de contato), porém isso me deixou um pouco mais sensível .

Apesar disto, estou feliz com a sensação de superação de minha dificuldade com a ingestão do óleo, feliz com a aproximação do procedimento que particularmente mais gosto : o Vamana (vômito terapêutico), particularmente o considero quase como um renascimento!

Hoje então foi o último dia de ghee desta primeira etapa ! Compressa de camomila fria no olho e um pouco de repouso, muito necessário neste momento, o que não deixa de ser um carinho para comigo !- com Graziela Spadari Perozzo

Raquel Calloni
Nutricionista Ayurvédica
____________________________________________________________________________
Pois é… último dia da Raquel Calloni ingerindo o Ghee do Vamana! O Vamana é o Karma(ação) de eliminação do Kapha mórbido. Nesse momento, a dificuldade digestiva é maior, a pessoa sente-se um pouco mais letárgica, apresenta a digestão lenta, geralmente suas eliminações se mostram diferentes do normal. A Raquel Calloni está indo muito bem…
Ontem ela acabou machucando o olho na hora de retirar a lente de contato. O olho inchou, doeu, e estamos tratando com chá camomila frio. Compressas. Hoje ela fará um banho de água de Triphala para diminuir ainda a inflamação e prevenir alguma infecção. Fará também um procedimento chamado Vidalaka(aplicação de uma pasta medicada na pálpebra) para garantir o mesmo efeito.
Durante esse período, o corpo fica muito mais sensível. Mais propenso aos desequilíbrios, pois as toxinas e doshas mórbidos e intoxicados estão circulantes. Vamos explicando isso conforme o processo vai acontecendo. Hoje, Raquel está com toxinas soltando e circulando pelo corpo. Um machucado no olho, na hora de tirar a lente, pode gerar algo maior do que geraria em outro momento.
Mas ela está bem, e o problema contornado.
Amanhã estará bem melhor!
Assista no vídeo abaixo, um exemplo do procedimento de Vidalaka. Na Raquel haverão algumas diferenças, não usaremos a fomentação quente, pois o olho está um pouco inflamado, e usaremos outras ervas, mas o procedimento será parecido.
Não faça isso em casa… Lembre-se, cada caso é um caso!

Graziela Spadari Perozzo
Terapeuta Ayurvédica
Espaço Anam Ċara – Um lugar amigo da alma

Deixe uma resposta